Curso de Noivos, porque fazer…

Quando fizemos nosso curso de noivos sem muito saber o que seria abordado, e ficamos muito ansiosos  .

Nós dois tínhamos expectativas muito superficiais, programação era extensa. Mas no fim, foi melhor do que esperávamos.

Cada ministração abordava um tema diferente: os sonhos para o futuro, as finanças do casal, a relação com sogros, o relacionamento com Deus, o papel marido e esposa, filhos, finanças, dialogo. Em todas elas, o  conselheiro reforçava a necessidade do diálogo entre os noivos.

Isso me levou a pensar. Quais são os assuntos que o casal precisa necessariamente discutir antes de decidir casar?

  • A bagagem de cada um que o outro terá que levar junto. Quando se casam, os dois levam para a nova família heranças familiar  e complexos pessoais, as seqüelas de maus hábitos (alcoolismo, problemas com drogas, masturbação, pornografia, mentira, furto, lascívia,etc), as conseqüências e frutos de relacionamentos anteriores (ex-cônjuge, filhos), doenças, pais idosos que precisaram de cuidados etc. Vocês estão dispostos a compreender, superar e andar juntos por toda a vida e compartilhar a “mala” um do outro?
  • Como serão as finanças do casal. Tem quem queira juntar os salários e pagar as contas em conjunto, sem dividir o que é “meu” e o que é “seu”. Outros acham melhor cada um manter sua conta e seu dinheiro e dividir as responsabilidades financeiras: a conta de luz é paga por um, o supermercado, pelo outro, e assim por diante. Novamente, não espere casar para discutir como será a relação de vocês com o dinheiro. Isso será uma fonte inesgotável de brigas se vocês não definirem com clareza e diálogo como administração as finanças.
  • Os sonhos a curto e longo prazo. Vocês sonham em viajar juntos, morar na praia, num sítio, na cidade? O que vocês não querem para o futuro de jeito nenhum? Saibam o que o outro sonha e avaliem a sinergia entre os planos dos dois (e a flexibilidade de cada um para fazer ajustes).
  • Ter ou não filhos. Se um dos dois sempre sonhou em ter filhos e o outro nem quer pensar no assunto, temos um problema. Ninguém muda ninguém depois de casar. A probabilidade é de que isso se torne motivo de briga, frustração e separação.
  • Parar de trabalhar para criar filhos ou não. Algumas mulheres planejam voltar a trabalhar logo depois da licença maternidade; outras pretendem dar um tempo na carreira para se dedicar aos pimpolhos. A gravidez e a maternidade são coisas que afetam diretamente a mulher e essa é uma decisão muito pessoal para ela. Acontece que o marido (e pai) também faz parte desse cenário e os homens costumam ter opiniões formadas sobre o que esperam da esposa nessa situação.  Não esperem a gravidez para falar nisso. Quando os dois não concordam nesse ponto um momento que era para ser de felicidade se transforma em palco para frustrações e brigas.
  • Planos de carreira. Conversem sobre os planos de carreira. Apesar de ser algo essencialmente individual, alguns exemplos de planos que afetam diretamente a vida do cônjuge são quando se aposentar (cedo ou tarde), abrir o próprio negócio, aceitar empregos exaustivos por muito dinheiro, mudar de cidade por conta de um emprego. Essas coisas devem ser pensadas em conjunto.

Anúncios
Esse post foi publicado em Curso de Noivos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s