Para sempre Aliados…

1.        Os homens detestam sentir que são mandados! Faça uso do seu poder persuasivo e convença-o a ir pelo seu caminho, sem que ele sinta que está a ser contrariado.

2.        Seja misteriosa. Grande parte do encanto esvai-se quando nos tornamos livros abertos. Os homens gostam de desafios e da sensação permanente de conquista.

3.        Ele convidou-a para ir à bola mas não é, de todo, o seu programa preferido? Não faça fretes, mas também não seja brusca. Delicadamente, diga-lhe que prefere ir às compras com as suas amigas, enquanto ele vai ao estádio gritar pelo Sporting

4.        Momento histórico: ele reconheceu que tem um defeito? Óptimo, o seu mais-que-tudo está a mostrar sensibilidade. Mas não aproveite para desatar a relembrar, pormenorizadamente, todos os momentos em quem que se aborreceu com as atitudes dele, por causa desse mesmo defeito. Seja cúmplice e aproveite para lhe dizer que ninguém é perfeito..

5.        Pestanas compridas e lábios carnudos e vermelhos são elementos de atracção para o sexo masculno. Como pestanejar é sinal de sedução, enalteça-as com máscara. Fique ainda mais bonita e passe um pouco de batom nos lábios e blush nas maçãs do rosto.

6.        Quando tudo parece correr mal, surpreenda-o. Deixe-lhe um bilhetinho carinhoso dentro do bolso do casaco, provoque-o com um SMS ou prepare-lhe o jantar preferido.

7.        Não descuide a sua aparência! Não precisa de andar de saltos altos em casa à espera que ele chegue. Continue apenas a vestir-se como o cuidado que tinha nos tempos em que namoravam e a reservar uns minutinhos das suas atarefadas manhãs à maquilhagem. Mas exija que ele também se esforce por lhe agradar.

8.        Faça-lhe ver que precisa de saber como ele a ama. Os homens são menos dados a exteriorizar sentimentos e, se isso a incomoda, diga-lhe que precisa de umas declarações de amor.

9.        Esqueça a terrível mania de lhe terminar as frases. Ninguém gosta de ser interrompido quando está a falar. Imagine que ele lhe faz a mesma coisa, não é nada agradável, pois não? É uma falta de respeito pelo outro, para além de dar a entender que o que ele diz é previsível.

10.     Partilhem a água de colónia e façam massagens com o mesmo creme de corpo. O mesmo aroma dará uma sensação única de intimidade. Não se esqueça que há vários perfumes unisexo bastante agradáveis no mercado

11.     Dê-lhe atenção e trate-o com carinho. Só assim ganhará o direito a ser tratada da mesma forma.

12.     Olhe-o nos olhos enquanto falam. Esta atitude demonstra confiança, compreensão, aceitação e respeito

13.     Evite as queixas constantes. Se se mostrar constantemente decepcionada e difícil de contentar vai deixá-lo à beira de um ataque de nervos! Restrinja-se àquilo que verdadeiramente importa e que é grave. Pode chamar-lhe à atenção mas não de forma a provocá-lo

14.     Perante uma crise lembre-se dos momentos bons pelos quais já passaram. Pode sentir uma certa nostalgia, de início, mas ganhará uma nova energia e vontade de amar ao recordar esses momentos.

15.     Respeito mútuo é fundamental. Não seja egoísta, nem tente manipular a relação.

16.     A cama pode ser um barómetro importante. Uma sexualidade feliz é meio caminho andado para uma boa relação. Desiniba-se, faça-lhe ver o que mais lhe agrada e descubra, no seu parceiro, tudo aquilo que o leva ao céu

17.     Faça-lhe declarações de amor e lembre-lhe, sobretudo em ocasiões especiais, que ele é o melhor homem que alguma vez podia ter conhecido.

18.     Não force as conversas. Há dias em que não nos apetece falar, acontece com todos. Um silêncio pode ser tão cúmplice com uma longa conversa.

19.     Ele enviou-lhe flores? Retribua e envie-lhe uma caixa de bombons ou charutos.

20.     Não deixe que ninguém se intrometa na vossa vida. Não há nada mais venenoso que uma sogra, uma mãe ou uma amiga metediça! Imponha limites às pessoas de fora e assuma as suas opções, mesmo nos momentos mais difíceis.

21.     Não faça de cada discussão um drama, porque todos os casais discutem. E não tenha vergonha se ser você a mostrar a bandeira branca da paz.

22.     Não há nada para festejar? Não importa! Tenha sempre espumante no frigorífico e brinde à vossa relação com uma taça e um sorriso. Ou então aproveite um dia em que ele se sente mais em baixo para cozinhar o prato favorito dele bem acompanhado com um vinho tinto fantástico. Ninguém resiste a um jantar romântico.

23.     Faça uma lista de todos os mimos que deu e recebeu durante a semana. Se houver um desequilíbrio grave neste deve/haver aborde o assunto. Dizem que o amor é desinteressado, mas uma relação tem de ser dar e receber equilibradamente.

24.     Organize um fim-de-semana surpresa num hotel de charme. As fugas à rotina são importantes. Que tal uma suite com vista para o mar na Fortaleza do Guincho, perto de Cascais? A norte, experimente o Hotel Vintage House, sobre o Douro, no Pinhão.

25.     Esforce-se por conhecer bem o seu marido. Certifique-se que sabe tudo o que é importante sobre ele e não falhe as principais datas, como o aniversário ou qualquer outra a que ele dê muita atenção, mesmo que seja o aniversário da sua sogra.

26.     Vários estudos confirmam que o casamento faz bem à saúde (bem… se a pessoa que está ao seu lado a faz feliz, claro) e que as pessoas casadas vivem mais anos. O divórcio pode inibir o sistema imunitário, tornando-nos mais vulneráveis às doenças.

27.     Apaguem mais vezes a televisão e dediquem-se um ao outro. Joguem, dancem, jantem à luz das velas, passeiem pela rua a seguir ao jantar…

28.     Seja altruísta e exija o mesmo dele. Uma relação deve ser mais construída com base no ‘nós’ do que no ‘eu’. Não se sacrifique, mas tente ir ao encontro do que faz ambos felizes. O casamento deve ser uma colaboração e não uma competição entre duas pessoas inflexíveis e centradas nelas próprias.

29.     Não guarde mágoas nem rancores. O tempo faz explodir as relações onde isto acontece, como uma autêntica bomba-relógio. Fale do que a incomoda, mas não de cabeça quente. Espera 10 minutos, 2 horas, para se acalmar e desabafe. Sobretudo, não se deitem amargurados!

30.     Ele é de poucas falas? Pense bem: sempre foi assim ou houve uma mudança de atitude? Se sempre foi assim, lembre-se que é feitio e, no geral, os homens têm mais dificuldade em expressar emoções. Não tente sacar o que o perturba com perguntas constante, ponha-o à vontade: diga-lhe apenas que você está à disposição dele se quiser desabafar e quando se sentir preparado.

Drª Sónia Parreira Duque, psicóloga

Anúncios
Esse post foi publicado em familia, Noivos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s